quarta-feira, 18 de maio de 2011

Código Morse

O Código Morse foi criado por Samuel Finley Breese Morse (Charlestown, 27 de abril de 1791 — Nova Iorque, 2 de abril de 1872) foi um inventor, físico e pintor de retratos e cenas históricas estadunidense.



Tornou-se mundialmente célebre pela suas invenções: o código morse e o telégrafo com fios, em 1843.
Começou os seus estudos na Academia Phillips, de Adover e terminou os em 1810, na Universidade de Yale e, mais tarde, interessou-se pelo estudo de física e de química, embora a pintura o tenha atraído desde a adolescência, mais tarde, interessou-se pelo estudo de física e de química.
Ainda na época de colégio, Morse escreveu uma carta aos pais dizendo que queria se tornar um pintor. Os pais, preocupados com o futuro do filho, preferiram transformá-lo num vendedor de livros em Charlestown. Desse modo, Morse passou a vender livros de dia e a pintar à noite. Ante a persistência do artista, os pais decidiram mandar o filho para Londres para que estudasse artes na Royal Academy em 1811 com o conceituado pintor em Benjamim West.

Ao retornar aos Estados Unidos, casou-se em 1818 e, logo em seguida, vieram os filhos : dois meninos e uma menina. Morse lutava com dificuldades, uma vez que à época não havia muitos interessados em retratos. Em 1823 finalmente se estabeleceu em Nova Iorque. Em 1825, após o falecimento da sua esposa, Morse retornou à Europa, levando os seus filhos e uma cunhada. Em 1826 fundou uma sociedade artística que, em breve, se transformou na Academia Nacional de Desenho. A partir de 1832 ensinou pintura e escultura na Universidade de Nova Iorque, atingindo a fama de excelente retratista. Clarisse foi uma das coperadores de Morse, ela ajudou-o nos seus experimentos para o telégrafo com fios. Em 1829 retornou a Europa e estabeleceu-se em Paris. No início da década de 1830 cria o telégrafo elétrico com fios e em 1835 constroi o primeiro aparelho ao qual designou "Recording Electric Telegraph" com o qual transmitiu sinais a um quilómetro de distância, mas não os recebia pela mesma linha, efeito que só conseguiu dois anos depois. Em 1839 conclui o trabalho de elaboração do código Morse. O sistema utiliza uma combinação de pontos, traços e pausas para transmitir informações por meio de impulsos telegráficos ou visuais. Em 1843 utiliza o sistema para construir a primeira linha telegráfica, que liga Baltimore a Washington.
No ano seguinte transmite a primeira mensagem: "What hath God wrougth!" (Que obra fez Deus!)
Pelas suas descobertas, foi premiado com numerosas distinções provenientes da maior parte do Mundo.
Morreu rico em Nova York. Sua fortuna deve-se à proliferação de linhas telegráficas nos EUA.

O Código Morse

O código morse é um sistema de representação de letras, números e sinais de pontuação através de um sinal codificado enviado intermitentemente. Uma mensagem codificada em Morse pode ser transmitida de várias maneiras em pulsos (ou tons) curtos e longos:

- pulsos eléctricos transmitidos em um cabo;
- ondas mecânicas (perturbações sonoras);
- sinais visuais (luzes acendendo e apagando);
- ondas eletromagnéticas (sinais de rádio);

Este sistema representa letras, números e sinais de pontuação apenas com uma seqüência de pontos, traços, e espaços. Portanto, com o desenvolvimento de tecnologias de comunicação mais avançadas, o uso do código morse é agora um pouco obsoleto, embora ainda seja empregado em algumas finalidades específicas, incluindo rádio faróis, e por CW (continous wave-ondas contínuas), operadores de radioamadorismo. Código morse é o único modo de modulação feito para ser facilmente compreendido por humanos sem ajuda de um computador, tornando-o apropriado para mandar dados digitais em canais de voz.

O código morse pode ser transmitido de muitas maneiras: originalmente como pulso elétrico através de uma rede telegráfica, mas também como tom de áudio, como um sinal de rádio com pulsos ou tons curtos e longos, ou como sinal mecânico ou visual (ex: sinal de luz) usando ferramentas como lâmpadas de Aldis e heliógrafos. Porque o código morse é transmitido usando apenas dois estados — ligado e desligado — é uma estranha forma de código digital. O código morse internacional é composto de seis elementos:

1.Sinal curto, ponto ou 'dit' (·)
2.Sinal longo, traço ou 'dah' (-)
3.Intervalo entre caracteres (entre pontos e traços)
4.Intervalo curto (entre letras)
5.Intervalo médio (entre palavras)
6.Intervalo longo (entre frases)

Portanto, o comprimento variável de caracteres do código morse dificulta a adaptação à comunicação automatizada, então foi amplamente substituída por mais formatos regulares, incluindo o Código Baudot e ASCII.



Escute o Código Morse digitando uma palavra ou frase no site abaixo:
http://www.numaboa.com/criptografia/codigos/codigos-abertos/334-Codigo-Morse

73!

Nenhum comentário:

Postar um comentário